Zika Virus . Sintomas – Tratamento – Teste – Vacina

Zika Virus – Conheça Este Vírus

O Zika Vírus , conhecido também como "Vírus da Zica" ou "Zica Vírus"  é um vírus transmitido através da picada do mosquito Aedes Aegypti. Ele causa a doença conhecida como "zika". Normalmente o Zika Vírus não traz muitas complicações ao infectado, porém quando...

ler mais




PUBLICIDADE


Zika Vírus – Conheça Essa Doença

Zika Vírus é um Flavivírus, transmitido pelo mosquito Aedes Aegypti, que também transmite outras duas doenças: a dengue e a chikungunya. A doença normalmente não traz maiores complicações a quem for infectado. Porém, no ano de 2015, o Ministério da Saúde apresentou relatórios que trazem indícios de relação entre o Zika Vírus e a microcefalia congênita, que é quando a gestante é infectada e contamina o feto, afetando o desenvolvimento do cérebro e do crânio do bebê.

As doenças citadas acima são causadas igualmente por vírus da família Flaviviridae, ou seja, são também flavivírus, apresentando relação entre si.

A doença causada pelo Zika não é contagiosa, mas exclusivamente transmitida através da picada do mosquito Aedes Aegypti. O teste de Zika Vìrus ainda não é totalmente confiável. Da mesma forma a vacina ainda não existe, embora existam especulações de que já esteja em desenvolvimento. Isso seria uma vantagem, restringindo um pouco o foco de ação do vírus, porém o Brasil encontra-se em franca batalha contra o mosquito transmissor, podendo-se dizer que está no meio de uma infestação.

No restante do mundo, o Zika encontra-se em inúmeros lugares, notadamente lugares com menos acessos aos recursos disponíveis nas áreas de saúde e higiene.

Até 1966, o Zika era considerado endêmico do Leste e Oeste do continente africano, que quer dizer que o vírus era considerado exclusividade daquela região.

O Zika foi primeiramente isolado em Uganda, no ano de 1947, na Floresta Zika, o que lhe trouxe a denominação. Durante 62 anos, entre 1951 e 2013, o vírus não teve tanto destaque, ficando restrito somente a evidências sorológicas em humanos em países como Uganda, Tanzânia, Egito, República da África Central, Serra Leoa, Gabão, Índia, Malásia, Filipinas, Tailândia, Vietnã, Indonésia, Micronésia e Polinésia Francesa.

Em 2014, na Ilha de Páscoa, há 3.500 km do continente americano, identificou-se o Zika.

Por outro lado, em países como Canadá, Alemanha, Itália, Japão, Estados Unidos e Austrália têm casos recentes de Zika Vírus, de forma “importada”, ou seja, pessoas que foram infectadas em outros países, que tenham o vírus naturalmente, e que retornaram aos seus países, levando consigo a doença.

Isso é fácil de concluir, levando-se em consideração que os sintomas da doença normalmente se apresentam na pessoa após 10 dias da picada do mosquito, e sua fase aguda dura de 4 a 7 dias.

Dentre os sintomas da doença causada pelo Zika, estão sintomas que poderiam ser confundidos com os de outras doenças, como, por exemplo, a febre e as manchas avermelhadas que se espalham por todo o corpo.

Porém o diagnóstico do Zika Vírus, que somente pode ser feito através dos sintomas apresentados, será comprovado somente se todos os sintomas, ou a sua grande maioria, se apresentar no paciente, caracterizando, dessa forma, a doença.

Zika Vírus – sintomas apresentados

Os sintomas do Zika Vírus são:

  • Febre,oscilando entre 37,8°C e 38,5°C;
  • Conjuntivite,é uma inflamação dos olhos, provocando cor avermelhada nos olhos, olhos lacrimejando, pálpebras inchadas e secreção amarela;
  • Hipersensibilidade nos olhos, e maior sensibilidade à luz do dia;
  • Dor nas articulações, principalmente nas articulações das mãos e pés;
  • Dor de cabeça, localizada principalmente na região atrás dos olhos;
  • Dor nos músculos do corpo todo;
  • Manchas vermelhas na pele, que iniciam na face e que se podem espalhar pelo corpo, podendo ser confundidas com sarampo;
  • Cansaço físico e mental, sensação de esgotamento.

Os sintomas apresentados na doença causada pelo Zika Vírus são mais amenos que os da dengue e os da chikungunya, porém sua suposta relação com a microcefalia congênita e a síndrome de Guillain-Barré vem gerando alarde.

Zika Vírus – como chegou ao Brasil

zika vírus - sintomas - tratamento- teste- vacina

Aedes Aegypti – O Mosquito Transmissor do Zika Vírus

Suspeita-se que a entrada do Zika Vírus no Brasil tenha acontecido durante a Copa do Mundo de 2014, durante a qual o país recebeu pessoas de vários lugares, incluindo-se aí os lugares em que o Zika Vírus era considerado endêmico e que o vírus atinge de forma mais intensa.

O Zika Vírus não tem tratamento específico. Apenas recomendações de medicamentos a não serem utilizados. Os analgésicos e anti-inflamatórios a base de ácido acetilsalicílico não devem ser utilizados pois podem causar sangramentos, por apresentar efeitos anti-coagulantes. Outros anti-inflamatórios, como o ibuprofeno, o piroxicam e o diclofenaco também não são recomendados.

A não existência de uma vacina também poderia ser algo preocupante se os sintomas não fossem brandos. O que gera preocupação é a suposta relação entre a microcefalia e o Zika Vírus.

PUBLICIDADE