Tratamento do Zika Virus

30/01/2016 | Tratamento

Tratamento do Zika Vírus – cuidados

Tratamento do Zika Vírus, especificamente, não existe. O que existe é um conjunto de cuidados que devem ser dispensados a quem for picado pelo mosquito e, consequentemente, tenha contraído o Zika Vírus.
A começar com o isolamento. As pessoas que estejam com suspeita de ter sido infectadas pelo Zika Vírus devem ser mantidas sob mosquiteiros durante as ocorrências de febre, que é a fase aguda da doença. Esse cuidado é tomado para se evitar a contaminação de mosquitos transmissores. Mantidas dessa forma, os mosquitos não podem picá-las e, portanto, não se contaminam, evitando espalhar mais ainda a doença.

Tratamento do Zika Vírus – o que não pode

Por outro lado, o tratamento do Zika Vírus é feito, basicamente, com analgésicos e anti-inflamatórios. Nenhum desses medicamentos podem ser à base de ácido acetilsalicílico. Assim como nos infectados por dengue e chikungunya, medicamentos que utilizem essa substância podem causar sangramentos devido ao seu efeito anti-coagulante.

Outros anti-inflamatórios não hormonais, como, por exemplo, o ibuprofeno, diclofenaco e piroxicam também devem ser evitados no tratamento do Zika Vírus, pelo mesmo motivo.
PUBLICIDADE


Tratamento do Zika Vírus – controlando os sintomas

Tratamento do Zika Vírus

Tratamento do Zika Vírus

Os medicamentos citados acima são utilizados no tratamento do Zika Vírus são utilizados no tratamento sintomático, ou seja, controlam-se os sintomas como, por exemplo, a febre, as dores no corpo e a conjuntivite associada ao quadro.

Os sintomas normalmente diminuem gradativamente após 4/7 dias. Se os sintomas durarem mais tempo do que isso, um médico deverá ser consultado novamente, ou seja, deve-se ter muito cuidado com o que se utiliza no tratamento do Zika Vírus.